Antigos membros de grupo de jovens judeus do Uruguai celebram Israel e a Shavei Israel

Antigos membros de grupo de jovens judeus do Uruguai celebram Israel e a Shavei Israel

Antigos membros de grupo de jovens judeus do Uruguai celebram Israel e a Shavei Israel

Recentemente, em homenagem à Independência do Estado de Israel, 45 antigos membros do movimento juvenil Bnei Akiva do Uruguai se reuniram em um hotel próximo ao Kineret (Mar da Galileia). Desfrutaram de uma viagem por Israel, onde celebraram a independência do Estado de Israel e relembraram o passado que compartilharam no Movimento Bnei Akiva. Como parte da sua programação, o grupo, que tem muito interesse nas atividades da Shavei Israel, pediu à nossa vice-diretora, Edith Blaustein, para lhes falar sobre a vibrante atividade da Shavei Israel em suas diferentes facetas.

Os participantes estavam particularmente interessados ​​nas várias comunidades com as quais trabalhamos e perguntaram especificamente sobre as Dez Tribos Perdidas, como a absorção dos Bnei Menashe em Israel pode ser avaliada e colocaram várias questões sobre o processo de conversão que os nossos alunos realizam em Machon Miriam (o nosso Centro de conversão em língua espanhola) e em Machon Milton (o nosso centro de conversão em língua inglesa).

Eles ficaram particularmente surpresos com o fenômeno das comunidades emergentes na América Latina, e todos mostraram grande admiração pelo trabalho que nosso fundador, Michael Freund, faz e expressaram seu desejo de que houvesse mais pessoas como ele em Israel.

Machon Milton

No início de Fevereiro tivemos uma grande celebração, pois a equipa da Shavei Israel juntou-se a vários rabinos e professores para cumprimentar dez estudantes de várias partes do mundo que têm algo importante em comum: todos eles escolheram aderir à fé judaica e são os primeiros alunos do novo instituto Machon Milton, o Ulpan Guiur (curso para a conversão ao judaismo) de língua inglesa que a Shavei Israel abriu em Jerusalém, junto com o Rabbinical Council of America (RCA), sob os auspícios do Rabinato Chefe de Israel.

O RCA [uma das maiores organizações mundiais de rabinos ortodoxos] dirigiu durante muitos anos um curso de conversão em inglês em Jerusalém, mas o mesmo foi encerrado há cerca de 12 anos e não tinham aberto mais nenhum até agora.

E assim, foi com toda a pompa e circunstância que a turma de dez alunos iniciou o seu curso.

Estiveram presentes, além da equipa da Shavei Israel, liderada pelo seu fundador e presidente Michael Freund, o rabino Moshe Weller, chefe do Departamento de Conversão do Rabinato, o rabino Reuven Tradburks, diretor da secção para a região de Israel do RCA, Louis Lipsky, coordenador sênior de planeamento de tarefas e suporte financeiro da Autoridade de Conversão e o rabino Michoel Zylberman, diretor dos Tribunais de Conversão do RCA.

Também estiveram presentes o rabino Aaron Goldscheider e a sra. Dafna Siegman, professores do novo programa, e os rabinos Shmuel Goldin e Aaron Poston.