Jogo de cartas para esconder a identidade judaica!

Em sua apresentação à Conferência de Estudos Criptojudaicos (SCJS) de 1999, em Los Angeles, Seth Ward contou sobre uma mulher do norte do Novo México, da qual tinha entrevistado. Ela descrevia as práticas criptojudaicas de seus familiares e, então, controu sobre o jogo de cartas que jogava, todo mês de setembro, com sua avó. Este jogo de cartas era um ritual anual da família que estava ligado, de alguma maneira, com as Grandes Festas Judaicas.

Read more