Dando as boas-vindas a um pequeno novo membro da comunidade judaica de Cali, Colômbia

Dando as boas-vindas a um pequeno novo membro da comunidade judaica de Cali, Colômbia

O rabino colombiano Asher Abarbanel, o nosso muito estimado representante em Cali, Colômbia, e sua esposa Margalit tiveram algo especial para celebrar com a comunidade que o rabino serve: o brit milá do seu primeiro filho. O rabino Asher ficou emocionado ao anunciar a boa notícia, e o brit foi celebrado na sua sinagoga Maguen Abraham em Cali, Colômbia, uma comunidade judaica emergente com mais de 100 membros, que vem construindo os aspectos físicos e espirituais da sua crescente comunidade há mais de dez anos.

Hoje em dia há uma tendência de comunidades judaicas «emergentes» compostas principalmente por convertidos, particularmente na América do Sul e Central, especialmente na Colômbia. Um grande número desses convertidos tem origem judaica, que remonta aos dias sombrios da Inquisição. Muitos redescobriram as suas raízes judaicas e tradições ocultas que os seus avós haviam camuflado, temendo perseguições, e embarcaram numa jornada de volta ao judaísmo.

O lindo bebé do rabino Asher chama-se Gadiel Rachamim. Que os seus pais mereçam educação-lo «para a Torá, para o dossel do casamento e para as boas ações». Mazal tov!

Rabino faz acontecer na Colômbia!

Rabino faz acontecer na Colômbia!

Rav Shimon Yehoshua serve as comunidades Bnei Anusim (descendentes dos  judeus conversos à força pela Inquisição Espanhola) e candidatos à conversão na Colômbia. O rabino Shimon nasceu na Argentina e recebeu a sua ordenação rabínica em Jerusalém, no Beit Hamidrash Hasefaradí. Formou-se no Instituto Amiel, que prepara rabinos para a diáspora. Antes do seu trabalho na Colômbia, foi rabino-chefe de Pattaya, Tailândia, e foi coordenador geral do programa Bnei Akiva para a América Latina. A sua liderança e experiência rabínica serviram-lhe bem, como mostram as suas atividades atuais.

Rav Shimon informou que no dia 14 de maio foram realizados em Bogotá 70 conversões e 9 casamentos judaicos! Este mega evento reuniu pessoas que vieram de diferentes lugares da América Latina: Colômbia, Peru, Equador e México. Os dayanim (juízes rabínicos) foram o próprio Rav Shimon, Rav Shmuel Tawil e Rav Eliahu Basul. Damos os parabéns ao Rav Shimon por um evento tão importante. Além disso, um grupo de participantes que vieram do Peru ficaram para um Seminário de Liderança Comunitária que Rav Shimon deu.

Estas realizações incríveis não foram tudo o que Rav Shimon fez no mês de maio. Num Shabat recente, o prolífico rabino realizou um evento especial em Cali para 30 pessoas solteiras para promover a formação de casais judaicos.

Em Bogotá, no momento, o rabino lidera uma comunidade de cerca de 100 pessoas. Esta comunidade tem crescido nos últimos sete anos desde que o rabino começou, praticamente do zero. Ele também se dedicou a combinar minhagim (costumes) e diferentes tradições litúrgicas das orações como forma de unificar a vida comunitária. Além disso, já existem 50 ex-membros da comunidade que fizeram aliá  (mudaram-se para Israel).

O rabino também é responsável pelas outras comunidades na Colômbia. Em Cali, há duas comunidades de cerca de 50 membros cada. Há também comunidades em Medellín, Villa Vicencio e Barranquilla. Um grande parabéns a Rav Shimon pelo seu prolífico trabalho!  Desejamos-lhe a continuação de muito sucesso!

Dedicação de um rolo de Torá na Colômbia

Dedicação de um rolo de Torá na Colômbia

A comunidade Beith Hillel, localizada em Bogotá, Colômbia, teve uma surpresa muito agradável no mês passado e a sua felicidade redobrou quando o rabino Shimon Yechua, emissário da Shavei Israel na Colômbia, trouxe um novo rolo da Torá dos Estados Unidos para a sinagoga, uma doação de um filantropo americano.

A celebração das recentes festas foi ainda mais especial do que o habitual, já que toda a comunidade dançou com a torá e a abraçou, tanto em Purim quanto na Páscoa, estando especialmente ansiosos pela festa de Shavuot, que celebra o recebimento real da Torá.

Aqui estão algumas fotos deste dia extraordinário e da alegria nesta comunidade tão especial.

VEJA AS FOTOS AQUI

Ajuda nas inundações da Colômbia

Ajuda nas inundações da Colômbia

Quando o jejum de Tisha B’Av estava começando, agências de ajuda humanitária na Colômbia estavam trabalhando horas extras atendendo a várias emergências de chuvas excecionalmente fortes que levaram à evacuação de 66 casas em Bello e à inundação de empresas em Copacabana. [Copacabana é o nome de uma cidade na Colômbia] A enchente repentina inundou quase 150 casas nos setores de El Cairo e Playa Rica, onde alguns dos membros da nossa comunidade judaica foram afetados.

Desde o final do Shabat, seus rabinos, Hatzalah e membros da comunidade têm prestado apoio e assistência de emergência. Felizmente não houve perda de vidas, mas as perdas materiais ainda não foram calculadas. As famílias afetadas, que fizeram tanto esforço para se juntar ao povo judeu, ficaram literalmente apenas com as roupas que estavam vestindo.

Como a maioria de nós está longe demais para poder ajudar a remover toda a lama e detritos que vieram com a enchente, nós, na Shavei Israel, estamos recorrendo a você para ajudar a fornecer uma ajuda econômica para substituir pertences perdidos (camas, móveis, fogão, geladeira, roupas, sapatos, comida) e consertar as casas para torná-las habitáveis ​​novamente.

Você pode ajudar a fazer a diferença. Basta clicar AQUI e selecionar ‘Flood relief in Bello, Colombia’ em ‘Choose a Project’. 

Casamento maravilhoso em Shvut Rachel

Casamento maravilhoso em Shvut Rachel

Yaakov, de 45 anos, imigrou para Israel há cerca de 3 anos vindo da Colômbia, porque decidiu que queria se converter, depois de participar de aulas de Torá e de rezar na comunidade judaica Magen Abraham em Cali, Colômbia. Ele entrou em contato com a Shavei Israel, que, entre outras coisas, ajuda todos aqueles que desejam retornar às suas raízes judaicas e se voltar a unir-se ao judaísmo e à Terra de Israel.

Yaakov estudou no programa de conversão espanhol Machon Miriam e completou o seu processo de conversão em 2019. Atualmente mora no Kibutz Migdal Oz e seu sonho é construir um lar judaico e dedicar a sua vida à sua comunidade e à sua família.

Yael, de 35 anos, emigrou da Colômbia para Israel há um ano porque decidiu que queria viver uma vida religiosa e cumprir a Torá e as mitsvot na terra de Israel. Ela também entrou em contato com a Shavei Israel e recentemente completou seu processo de conversão.

O lindo casal decidiu unir os seus destinos e começar uma nova vida juntos. Estamos muito felizes por eles e mais felizes ainda por fazer parte da felicidade deles e ver seu objetivo cumprido: formar um lar judaico. Eles não têm muita família em Israel, então a Shavei Israel contatou Yedidia Herman da organização VeSamakhta para os ajudar a organizar o casamento, de A a Z.

O casamento foi assim um evento único, o clima de felicidade e regozijo estava no ar, a organização, e a comunidade de Shvut Rachel, não só prepararam o casamento, como também alegraram os noivos. Abaixo partilhamos algumas imagens do fotógrafo Yonathan Bore.

Que Yaakov e Yael tenham abundantes bênçãos do céu!