O último passo: o casamento

O último passo: o casamento

 

 

Nós já escrevemos sobre a família Bissato (Yehoshua de 45 anos, Chana, de 36, e a filha Leah de 10) quando eles chegaram a Israel vindos de Caxias do Sul, Brasil. O caminho incomum destes ex-pastores na verdade afastou-os dos ensinamentos com que cresceram, na direção de um caminho que os levou ao judaísmo. Procuraram por um processo de conversão durante oito anos e estão animados por estarem finalmente em Israel e por começarem esta etapa final da sua jornada ao judaísmo.

Uma vez feita a conversão formal ao judaísmo, depois de muitos meses, ou mesmo anos de aprendizado, os novos convertidos mergulham em um mikva  (banho ritual) após o qual os homens passam pela circuncisão e os casais se casam novamente, de acordo com a Torá. 
Esta cerimónia em particular foi uma grande celebração! Organizado pelas respetivas famílias adotivas dos noivos na cidade de Alon Shvut, ao sul de Jerusalém, o casamento teve cerca de 200 convidados, incluindo Chaya Castillo, coordenadora da Shavei Israel para todos os programas de conversão, que acompanhou o casal e sua filhinha durante todo o processo. 
O casamento foi um acontecimento alegre e memorável tanto para a família Bissato como para todos os convidados. MAZAL TOV!

“Somos muito gratos à Shavei Israel, que esteve sempre em contato connosco, nos ajudou durante todo o processo e continua ajudando até hoje. Também ficámos maravilhados com a chesed (bondade) do povo de Israel. Não podemos acreditar que nossa filha já está falando hebraico! Estamos ansiosos para continuar nosso futuro em nossa terra, Israel”. ~Yehoshua, Hanna e Leah
Para ajudar a família Bissato e outros como eles que estão trabalhando arduamente para concluir sua conversão, sinta-se à vontade para doar qualquer valor . Obrigada!
Um dia muito esperado para Elisha e Esther Chaya

Um dia muito esperado para Elisha e Esther Chaya

Elisha e Esther Chaya Anaya celebraram recentemente o seu casamento numa linda e alegre cerimónia em Beersheba. Foi um processo bastante longo, mas gratificante, que os levou até lá.

Os Anayas, originários da Colômbia, escolheram o judaísmo apesar da sua educação católica e de não viverem perto de nenhuma comunidade judaica.

A longa e árdua jornada exigiu-lhes um enorme esforço e trabalho de pesquisa. Depois de completarem os seus estudos de conversão e comparecerem perante a corte rabínica em Jerusalém, Elisha e Esther Chaya, que estavam casados ​​no civil há anos, celebraram a sua união com um lindo casamento judaico em Beersheba.

O doce casal não esperava uma festa de casamento tão elaborada e alegre; foi preparada para eles pela Ulpanat Chen Bamidbar, uma escola secundária Bnei Akiva em Beersheba. A escola organizou e patrocinou todo o casamento. Os alunos e alunas da escola são educados para ajudar os outros e claramente aprenderam bem a lição. A celebração fez os noivos se sentirem felizes e amados, como os convertidos justos devem se sentir.

Para Elisha e Chaya Esther, o seu casamento sob a Chuppah (dossel de casamento) tem um significado muito especial. Elisha explicou: “A chupá está sobre nós como ‘uma coroa’, que coroa o amor que sentimos um pelo outro e afirma o nosso compromisso com De’s para continuar uma vida religiosa. Embora tenhamos passado anos juntos, as nossas vidas foram renovadas…”

Mazal tov Elisha e Chaya Esther!

 

Casamento maravilhoso em Shvut Rachel

Casamento maravilhoso em Shvut Rachel

Yaakov, de 45 anos, imigrou para Israel há cerca de 3 anos vindo da Colômbia, porque decidiu que queria se converter, depois de participar de aulas de Torá e de rezar na comunidade judaica Magen Abraham em Cali, Colômbia. Ele entrou em contato com a Shavei Israel, que, entre outras coisas, ajuda todos aqueles que desejam retornar às suas raízes judaicas e se voltar a unir-se ao judaísmo e à Terra de Israel.

Yaakov estudou no programa de conversão espanhol Machon Miriam e completou o seu processo de conversão em 2019. Atualmente mora no Kibutz Migdal Oz e seu sonho é construir um lar judaico e dedicar a sua vida à sua comunidade e à sua família.

Yael, de 35 anos, emigrou da Colômbia para Israel há um ano porque decidiu que queria viver uma vida religiosa e cumprir a Torá e as mitsvot na terra de Israel. Ela também entrou em contato com a Shavei Israel e recentemente completou seu processo de conversão.

O lindo casal decidiu unir os seus destinos e começar uma nova vida juntos. Estamos muito felizes por eles e mais felizes ainda por fazer parte da felicidade deles e ver seu objetivo cumprido: formar um lar judaico. Eles não têm muita família em Israel, então a Shavei Israel contatou Yedidia Herman da organização VeSamakhta para os ajudar a organizar o casamento, de A a Z.

O casamento foi assim um evento único, o clima de felicidade e regozijo estava no ar, a organização, e a comunidade de Shvut Rachel, não só prepararam o casamento, como também alegraram os noivos. Abaixo partilhamos algumas imagens do fotógrafo Yonathan Bore.

Que Yaakov e Yael tenham abundantes bênçãos do céu!

SETE BÊNÇÃOS PARA O NOVO CASAL

SETE BÊNÇÃOS PARA O NOVO CASAL

Imediatamente após o casamento, a maioria dos casais recém-casados ​​costuma partir para a lua de mel, mas  na tradição judaica os noivos continuam a celebrar com a comunidade durante uma semana após o casamento. Todos os dias são oferecidas aos noivos refeições especiais, por diferentes amigos ou familiares. Essas refeições festivas são chamadas ‘Sheva Brachot’, ‘Sete Bênçãos’, devido às 7 bênçãos que são recitadas em cada uma dessas refeições (desde que haja um quorum de 10 homens  e esteja presente pelo menos uma nova pessoa que não esteve presente no casamento)

Seguindo essa tradição, a equipa da Shavei Israel homenageou os nossos queridos recém-casados, Chaya e Eliav , no último dia das suas ‘Sheva Brachot’, juntamente com o presidente da Shavei, Michael Freund, professores do programa de conversão de língua espanhola do Machon Miriam, o Rav Natan Menashe e o Rav Yechiel Chilewsky, alunos da Machon Miriam, amigos próximos e familiares do novo casal.

Várias pessoas falaram, incluindo Michael Freund, que abençoou o casal, desejando-lhes que o tempo os faça apenas melhorar, como os melhores vinhos, e que eles possam transformar elementos materiais, tais como o vinho, em algo sagrado e espiritual.

Desejamos ao ‘nosso’ novo casal apenas o melhor! Amor e felicidade na construção de um lar de Torá e mitsvot!

O casamento de que estávamos à espera!

O casamento de que estávamos à espera!

Todos na Shavei Israel ficámos muito felizes quando Chaya, a nossa colaboradora de longa data, casou com Eliav, o nosso colaborador mais recente, no início desta semana. Mas a celebração foi mais do que apenas um casamento, e mais do que apenas a alegria partilhada pelos colegas de trabalho.

Esta história de amor estava a ser construída há anos. Chaya e Eliav uniram-se, literalmente, contra todas as probabilidades e vindos de diferentes partes do mundo. Michael Freund, presidente da Shavei Israel, conheceu Eliav em Cuba há 5 anos; Michael Freund queria ajudá-lo a vir para Israel, mas foi tudo muito complicado e demorou até ao verão de 2021 para Eliav finalmente chegar a Israel. Pouco depois desse encontro em Havana, Chaya juntou-se à Shavei Israel como diretora do Departamento de Bnei Anussim. Mal sabia ela, que o homem com quem um dia iria casaria entraria na sua vida através do trabalho.

Quando Eliav já estava em Israel para iniciar o seu processo formal de conversão com a Shavei Israel, ele e Chaya conheceram-se… e apaixonaram-se.

Uma vez que a conversão de Eliav fosse finalizada, eles poderiam casar. Foi um evento lindo e emocionante, graças a muitas pessoas que ajudaram, à Shavei Israel e, claro, às pessoas da escola de ensino médio Neve Chana, que organizaram e cederam o local para o casamento.

Como disse Michael Freund: “Fiquei emocionado quase até às lágrimas no casamento de Chaya, originária do México, e Eliav, originário de Cuba, duas almas muito especiais que encontraram o seu caminho de volta ao povo judeu e que Hashem reuniu como só Ele pode fazer. Que eles sejam abençoados com a construção de um lar judaico com orgulho, patriótico e de princípios, aqui na Terra de Israel. Mazal Tov!!”

Chaya e Eliav, que a vossa vida juntos seja tão linda quanto foi o vosso casamento, e que conheçam apenas bênçãos e felicidades!!