Seminário de Verão para “judeus escondidos” da Polônia aterriza em Jerusalém

Participantes do seminário de verão de 2012 no Muro Ocidental

Izabella só descobriu aos 13 anos que seu avô era judeu. Agata soube que ela era judia quando tinha 8 anos de idade, mas sua mãe, com medo de que os amigos de sua filha espalhariam a notícia, se recusou a deixar Agata contar a seus colegas. Michael fez um teste de DNA, que provou sua ligação com o povo judeu e o ajudou a se comunicar com parentes há muito perdidos que viviam nos EUA. Sandra descobriu que, o nome de sua família aprecia 13 vezes na lista de nomes de judeus da cidade de Lubraniec. Mateusz ainda está à procura de documentos para verificar suas raízes judaicas e as de sua família, enquanto isso seus pais já se converteram formalmente ao judaísmo e ele está ansioso para se juntar a eles!

O que conecta Izabella, Agata, Michael, Sandra e Mateusz? Eles estão entre os “judeus escondidos” da Polónia, que chegaram semana passada a Jerusalém para o início do seminário de verão anual de língua polaca da Shavei Israel em Israel. Este ano, 16 jovens poloneses (10 mulheres e 6 homens) irão participar do programa de duas semanas, que mistura estudos, viagens e hospitalidade na casa de pessoas, algo que os participantes anteriores se referem a uma “experiência que muda a vida.”

O seminário da Shavei Israel está repleto de oportunidades para se reconectar ao judaísmo e aprender mais sobre ambos Israel, o histórico e o moderno. Todos os dias, ocorrem aulas com rabinos e educadores de língua polaca. Os rabinos Baruch Babaev, Boaz Pash e Yehoshua Ellis (emissário da Shavei Israel para Katowice, Polônia) são os que estarão conduzindo a aprendizagem. As manhãs, como nos anos anteriores, serão dedicadas a aulas de hebraico, enquanto as tardes incluirão cursos de fé, lei judaica, e as próximas grandes festas.. As rezas da manhã, da tarde e da noite também serão realizadas.

A parte turística do seminário inclui viagens a Massada e ao Mar Morto, o Bairro Judeu e os túneis do Muro Ocidental na Cidade Velha de Jerusalém, o museu Yad Vashem, o bairro de Mea Shearim e as Colinas do Golã.

O grupo estará em Israel para dois Shabatot e ambos serão realizados “na estrada”. Para o primeiro fim de semana, os participantes serão hospedados por famílias da comunidade de Dolev perto Modi’in. Para muitos, esta será a primeira vez que conhecerão de perto uma família judia religiosa. Os encontros de Shabat com a comunidade oferecidos pela Shavei Israel são constantemente citados como um dos destaques do programa. No Shabat seguinte, o grupo se hospedará na cidade cabalística de Safed, no Centro Ascent.

Os participantes do programa também irão passar um dia inteiro em Yeshiva e Midrasha em Jerusalém – para os meninos será a Yeshiva Machon Meir, enquanto que as meninas vão estudar no Instituto Nishmat.

Uma vez que a Shavei Israel patrocina e subsidia o seminário, os participantes do programa pagam apenas uma taxa nominal “simbólica”.

Segue no link algumas fotos do seminário do ano passado.