Mais uma visita interessante em Belmonte!

Belmonte tem sido procurada, cada vez mais, por turistas que buscam um local campestre, com uma paisagem deslumbrante e muita história. A cidade em que nasceu Pedro Alvarez Cabral, também foi berço de uma vibrante comunidade judaica antes da época da Inquisição. Deste modo, tem sido muito simbólica a procura de Belmonte como destino turístico, também, pela comunidade judaica internacional.

Contamos um pouco sobre a visita do Rabino Isroel Nachum de Safed e 80 judeus americanos chassídicos, no hotel Har Sinai. Para conferir o artigo, clique aqui.

Desta vez a cidade recebeu um grupo de 35 judeus de Londres, frequentadores de uma sinagoga que, curiosamente, se chama “Belmonte”. O nome da sinagoga impressionou bastante o emissário da Shavei Israel para a região, o Rabino Elisha Salas, que sugeriu uma possível relação dos fundadores da sinagoga com a pequena cidade portuguesa. Infelizmente, os visitantes não souberam responder a esta questão.

Contudo, os turistas fortaleceram a comunidade judaica local com sua visita, participando da nossa oração diária de Shacharit, pela manhã.

Não é comum em Belmonte ter um “minian” (quorum de 10 pessoas) na parte da manhã, durante a semana, uma vez que os membros da comunidade trabalham durante o dia, e é difícil reuni-los. Deste modo, quando a reza da manhã pode ser realizada com um “minian”, ainda mais em um dia que puderam ler a Torá, foi uma alegria especial para o Rabino Salas e todos aqueles que participaram do serviço.

“Como é bom estar entre irmãos, ouvir sua ‘Torá’ em Portugal, e sentir as pequenas reminiscências de um Shabat que ainda está em nossas almas”, contou, emocionado, o Rabino Salas.

Esperamos que muitas mais comunidades e individuais possam visitar Belmonte e sua comunidade, se impressionando com este renascimento judaico na região e alegrar a comunidade judaica com sua presença.

Fotos da visita, abaixo:

DSC_0821 DSC_0827 DSC_0837 DSC_0848

Leave a Reply

Your email address will not be published.