Conheça Perez Krohn, que encontrou a sua vocação em Lodz

Uma das comunidades com as quais a Shavei Israel trabalha são os ‘Judeus Ocultos’ da Polónia. Os descendentes daqueles poucos judeus remanescentes na Polónia após o Holocausto, que esconderam o seu judaísmo, estão a descobrir apenas agora a sua herança judaica.

Lodz é uma das cidades da Polónia com uma história judaica rica e trágica, bem como uma renovação judaica na qual Shavei está muito envolvida.

Recentemente, Perez Krohn encontrou-se em Lodz para ajudar a comunidade. Esta é a sua incrível história:

Foi um dia normal. Apenas dois dias após o feriado de Purim de 2022. Recebi um telefonema de uma certa organização nos EUA: “Temos um pedido especial. Você poderá estar na comunidade de Lodz na Polónia durante o próximo Pesach?”

Não foi uma pergunta fácil…

Eu tinha acabado de chegar a Israel depois de uma década de atividades muito importantes para uma comunidade muito importante na Ucrânia. E deixei o local durante a guerra entre a Rússia e a Ucrânia, junto com a maior parte da comunidade.

Consultei um rabino muito importante. E ele disse-me “se você puder ajudar pelo menos um judeu, tudo vale a pena.”

Então fui até ao meu pai, que mora em Israel, para lhe contar a minha decisão.

Ele começou imediatamente a chorar. Parecia que estava a chorar de emoção…

Perguntei-lhe: “Querido pai, por que está tão emocionado?”

Ele respondeu-me imediatamente: “O meu pai nasceu em Lodz em 1919 e emigrou com os seus pais para os EUA em 1925, e agora você está voltando para lá para fortalecer os judeus????”

Não entendi muito bem essa empolgação até chegar à comunidade aqui em Lodz, tão especial e importante. Quando cheguei, conheci um rabino maravilhoso, o rabino David Szychowski, que conduz a comunidade de forma digna e inspiradora, pelo caminho da sagrada Torá. Com especial doçura e escutando cada pessoa da comunidade.

Surpreendentemente, no decorrer das minhas atividades em Lodz, na verdade, começo a descobrir muito mais detalhes sobre a minha família que vive aqui há pelo menos 200 anos! Em todas as gerações, os meus antepassados usaram os mesmos nomes que ainda hoje estão presentes na família. Além disso, os membros da minha família continuam a ocupar os mesmos cargos, como mohel, cantor e rabino

Depois visitámos o grande cemitério da cidade de Lodz, e lá encontrei os nomes da minha família, de todas as gerações passadas. Entre eles estava um santo rabino, o escritor do livro A Coroa de Shlomo, que era o chefe do tribunal rabínico local e vice-rabino-chefe de Lodz, há cerca de 180 anos, HaGaon Rabi Eliezer Krahan zt”l. Claro que me deu muito mais força e um senso de missão muito grande para o que estou a fazer aqui agora. Depois de ver essas informações, tenho uma sensação pessoal de conexão com cada pedra e cada livro antigo que me leva de volta às gerações passadas.

E acima de tudo, um entendimento de que vim aqui para continuar a corrente de gerações da minha família; não apenas para minha família, mas para o povo de Israel.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *