BETHU (Soja fermentada)

Bethu, ou grãos de soja fermentados, é um alimento que os Bnei Menashe amam. Muitas vezes é transformado num chutney picante. Aqui está a receita, fornecida por Gershom Thangneo Touthang:

Primeiro passo: demolhe os grãos de soja secos durante 7 a 8 horas ou durante a noite.

Segundo passo: ferva os grãos até estarem quase, mas não completamente cozidos. (Também pode usar uma panela de pressão; faça-a apitar 6 a 7 vezes.)

Terceiro passo: remova os grãos, deixe-os esfriar um pouco e depois transfira-os para um recipiente hermeticamente fechado. Deixe fermentar por 3 a 4 dias em temperatura morna.

E aí está o seu feijão de soja fermentado (Bethu)

DULCES EN ALMIBAR

Genie Milgrom, uma querida amiga da Shavei Israel, nasceu em Havana, Cuba, numa família católica de ascendência espanhola. Num trabalho incomparável de genealogia, ela foi capaz de documentar detalhadamente a sua linhagem judaica materna ininterrupta de 22 gerações, indo até 1405, época anterior à Inquisição em Espanha e Portugal. Genie viajou várias vezes para Fermoselle, a vila de seus antepassados ​​na região de Zamora, na Espanha, enquanto fazia pesquisas sobre o último judeu de Fermoselle e arredores.

Genie Milgrom já falou no Knesset em Israel e dá conferências ao redor do mundo, consciencializando o público sobre o assunto do retorno dos judeus convertidos ao cristianismo na época da Inquisição.

Genie é a autora do livro Mis 15 abuelas, bem como de Cómo encontré a mis quince abuelas, um guia passo a passo, De la Pira al Fuego e, é claro, Recetas de mis 15 abuelas: receitas e histórias únicas dos tempos dos cripto-judeus durante a Inquisição Espanhola, de onde vem este delicioso doce para Shavuot. Aproveitar!

Dulces en Almibar

Os doces
3 ovos
6 colheres de sopa de açúcar
6 colheres de sopa de manteiga derretida
1 colher de chá de fermento em pó
½ libra de farinha, e um pouquinho mais, se necessário
¼ xícara de leite integral
Azeite
Misture os ovos, açúcar, manteiga, fermento em pó e um pouco de farinha até que possa formar uma bolinha. Adicione o leite e adicione mais farinha aos poucos até formar uma pasta. A mistura deve ser a mais macia possível. Coloque a fritar, deitando a mistura no azeite com uma colher, e, depois de escorrer, coloque em um prato e despeje a calda sobre eles.

Mais uma iguaria espanhola!
Almibar
2 xícaras de água
1 xícara de açúcar
1 colher de sopa de rum ou outro licor
1 colher de sopa de raspas de laranja ou limão
Misture tudo em fogo médio-alto, mexendo sempre, até formar uma calda pesada.

Seder Tu BiShvat

Seder Tu BiShvat

Estamos quase em Tu biShvat, e temos um “miminho” para vocês;

Hoje, 20 de janeiro é Tu B’Shvat após o pôr do sol, e o rabino Eliseo Salas, emissário do Shavei Israel, preparou o texto do Seder que ele usou com seus alunos portugueses e a comunidade de Belmonte!

Para quem não tem… Aqui está ele!

Disfrutem e depois partilhem connosco como foi o vosso Seder!

Seder Tu bishvat 5777

Receita para Pessach desde Palma de Mallorca

Artigo publicado no site da Bnei Brit em Inglês: (http://www.bnaibrith.org/magazine/mallorca_recipe.cfm)

 

 

Mallorcan_Almond_Torte-300x212Gato de Amendoas

Um famoso autor e Chef, Antoní Piña, é uma das maiores autoridades na área da cozinha, nas Ilhas Baleares. Tem dedicado grande parte de sua carreira em descobrir e aperfeiçoar vários dos famosos pratos de Mallorca, assim como este delicioso bolo sefaradita, para Pessach.

As notas do Chef Piña se encontram no final da receita.

Receita:

Você pode moer as amêndoas ou comprar farinha de amêndoa!

Ingredientes:

2 xícaras + 1 colher de chá de farinha de amêndoa
1 + ¼ de xícara de açúcar
5 ovos
Cascas raladas de 1 limão
1 colher de chá de canela
1 colher de sopa de café (não instantâneo)
1 colher de sopa de óleo ou margarina
Um punhado de farinha de Matzá
1 colher de sopa de açúcar de confeiteiro

Procedimento:

– Pré-aqueça o forno a 180 graus.
– Passe a margarina ou o óleo num molde de assadeira e espalhe Farinha de Matzá sobre ele.
– Separe as gemas das claras.
– Bata as gemas com o açúcar até dobrar seu volume inicial.
– Em outra tigela bata as claras até que estas tomem consistência.
– Adicione as gemas as claras.
– Adicione a farinha de amêndoas, o café, a canela e as cascas de limão e misture bem.
– Asse a 180 graus nos primeiros 15 minutos, em seguida, abaixe o forno para 160 graus e deixe durante os próximos 25 minutos.
– Retire o molde do forno e deixe descansar por cinco minutos.
– Cuidadosamente retire o bolo do molde.
– Espalhe em cima o açúcar de confeiteiro.
– E sirva frio!

Notas:

Esta é uma iguaria da ilha de Mallorca, popular especialmente entre as famílias chuetas. Seus ingredientes, a forma e a qualidade da preparação refletem sua herança culinária judaica. Hoje, podemos encontrar suas origens refletidas, também, em outras comunidades sefaraditas.

Na Itália, ele é conhecido como “Bocca di Dama”, exceto que a versão atual é feita com farinha e este é servido na hora de quebrar o jejum de Yom Kipur. Na Turquia, surpreendentemente, é o mesmo que em Mallorca, mas com uma pequena mudança: os judeus turcos usam nozes ao invés de amêndoas e chamam de “Gato de Muez de Pesah”. No Marrocos é conhecido pelo nome de “Pallebe aux Amandes”, e como na Itália, é feito com farinha.

Estes exemplos confirmam que os judeus em toda a diáspora se adaptaram ao seu local de assentamento, mudando aromas, mas, mantendo-se fiel às mesmas tradições!