BAR MITZVAH NA COMUNIDADE JUDAICA DE ANTIOQUIA, COLÔMBIA

Temos o prazer de partilhar convosco este evento único na Comunidade Judaica de Antioquia e as palavras do Rabino Elad Villegas sobre a importância e o impacto do mesmo em suas vidas a nível pessoal e comunitário:

Como judeu, o processo da vida é enfrentado no presente com decisões que abrangem o futuro. Cada etapa da vida religiosa é sempre acompanhada pelo anseio pela continuidade da vida judaica nas gerações futuras.

Por isso, tendo a oportunidade de chegar ao momento de celebrar um Bar Mitzvah, como fiz com meu filho Yitzjak, entendo que não é uma meta ou objetivo em si próprio, mas sim uma oportunidade de avaliar e vislumbrar o potencial sucesso do meu futuro família; E a verdade é que essa avaliação tem sido muito satisfatória. Sei que a generalidade dos pais vêem o seu filho como o melhor do mundo e claro que não estou fora dessa generalidade, mas se quero enfatizar que meu filho Yitzjak é um menino com virtudes excepcionais, digo-o não só pela minha valorização, mas pelo seu desempenho em cada área de suas atividades e desenvolvimento, como a escola, amigos, a comunidade, etc., onde sua forma de agir, viver e decidir refletem o amor e a real dedicação que ele tem para com a Torá e nosso louvável povo.

Acredito firmemente que é principalmente o resultado de sua grande alma e, claro, o acompanhamento familiar cheio de Torá e boas midot (qualidades), bem como o desenvolvimento do estudo do «Talmud Torá Yosef Adia», o estudo de talmude dos judeus Comunidade de Antioquia, da qual Yitzjak, aos 3 anos, era um dos meninos que pertenceram ao primeiro grupo de estudos, e desde então não parou de estudar todos os dias.

Agora, além da minha família sentir um orgulho especial por poder ter a graça do céu com um bom filho e saber que ele é um jovem que nasceu e foi criado em nossa comunidade, é também saber que em nosso presente nós podemos contar com ele para o minian e que suas boas qualidades serão um exemplo a seguir para as outras crianças que estão sendo formadas em nosso círculo comunitário.

Por isso acredito que a educação religiosa de nossos filhos é vital, e não os deixo à mercê das tecnologias e ensinamentos de um mundo que pouco ou nada pode despertar das virtudes que a alma do judeu deve ter.

Leave a Reply

Your email address will not be published.