A CHAMA NÃO SE APAGOU…

A chama não se apagou, e não se apagará, tal como não se apagou onde o judaísmo foi ameaçado e os judeus corriam perigo…

É um grande prazer apresentar o livro Três Lenços (Shalosh Mitpachot) da autora Hana Tueg, que foi publicado este ano. Hana Tueg é uma autora reconhecida e até agora escreveu cinco livros em hebraico.

De acordo com a autora: “Cada um dos meus livros ressoa com uma caixa de música judaica. Estou interessada no destino comum que temos como judeus e, especialmente, na História judaica desbotada e dolorosa ao longo dos anos da nossa existência, como um povo separado espalhado pela diáspora.”

“Então cheguei ao assunto dos forçados, que me fascinaram, porque revelam a força mental dos judeus que foram forçados a viver uma dupla identidade. Alguns foram torturados, queimados e oprimidos, mas não renunciaram ao judaísmo. Ainda hoje, vemos muitos descendentes que descobrem, por acaso ou através de pesquisa, as suas raízes judaicas, e procuram voltar para casa e para a sua verdadeira pátria.

“Depois de uma extensa pesquisa sobre o assunto, que incluiu livros de referência, museus e uma visita a Portugal, bem como a ajuda de instituições maravilhosas tais como Shavei Israel, comecei a escrever o livro, que se centra em Belmonte, uma cidade no nordeste de Portugal, que manteve o seu judaísmo em segredo durante cerca de quinhentos anos.

“O meu livro concentra-se numa família e, em particular, numa neta (Isabel), que procura as suas raízes para reconstruir a sua recém-descoberta identidade judaica, fazendo uma ligação entre o passado e o presente, entre a raiz e o ramo. Uma nação que não conhece o seu passado não pode construir um presente e um futuro significativos para si mesma.”

————————————————————————————

Hana dirigiu-se à Shavei Israel no processo de escrever o seu livro, e ficámos entusiasmados ao encontrar no livro referências a Michael Freund, fundador da organização, e a Chaya Castillo, diretora do Departamento de Bnei Anusim.
O livro ‘Três Lenços’ é altamente recomendável e desejamos a Hana grande sucesso! Que através do seu livro muitos mais sejam inspirados e retornem às suas raízes judaicas, conforme descrito no livro com tanto talento.

Leave a Reply

Your email address will not be published.