Parashá Shlach

Retirado do livro Más allá del versículo, do Rabino Eliahu Birnbaum

Os espiões: Uma atitude pessimista em relação ao futuro do povo judeu
E disse o Eterno a Moisés: “Envia homens para explorarem a terra de Canaã que dei aos filhos de Israel. (…) De cada tribo mandarás um homem, o principal de cada tribo” (…) E enviou Moisés os seus emissários para explorarem a terra de Canaã (…) Foram, pois, reconhecer a terra, e voltaram dessa busca no fim de quarenta dias. E apresentaram-se perante Moisés, Aarão e toda a congregação dos filhos de Israel… e disseram a Moisés: “Fomos à terra onde nos enviaste e é verdade que emana leite e mel, mas o povo que mora ali é poderoso. As suas cidades são fortificadas e muito grandes…” E Caleb mandou calar o povo e disse “Havemos de subir para herdar a terra, porque podemos fazê-lo.” Mas quem o acompanhou retorquiu: “Não podemos subir contra esse povo, porque é mais forte que nós…” (Números, 18, 1-32)

Continue reading “Parashá Shlach”

Parashat Nasó

O nazir: a obtenção do equilíbrio psicológico

Por Rabino Eliahu Birnbaum

«E disse o Eterno a Moisés: “Diz aos filhos de Israel: Quando alguém, seja homem ou mulher, fizer voto de consagração ao Eterno, abster-se-á de vinho e de bebidas fortes e não beberá vinagre de vinho, nem vinagre de bebidas fortes, nem licor de uvas algum. Nem sequer comerá uvas, sejam frescas ou secas.

Continue reading “Parashat Nasó”

Parashat Tetzavé

O simbolismo da vestimenta.

Image result for las ropas del cohen gadol

«E farás vestimentas para o teu irmão Aarão, para sua dignidade e esplendor.»   (Êxodo, 28, 2)

A Torá dedica mais de quarenta versículos à descrição das vestimentas que Moisés teria que fornecer como “vestimentas sagradas” para os sacerdotes. Nesta parashá lemos uma descrição detalhada de tais vestimentas e dos materiais com os quais estas deveriam ser confecionadas. O vestuário dos sacerdotes no templo é descrito com o maior cuidado. As vestimentas eram sumptuosas, como fica especificado no versículo: “para sua dignidade e esplendor”. Porque eram tão importantes as vestimentas do Sumo Sacerdote?

Geralmente, o judaísmo não se preocupa com aspetos exteriores como o vestuário, concentrando-se na qualidade espiritual da vida. O que têm em comum as “vestimentas sagradas” com a “dignidade” e o “esplendor”? Parece que a Torá se relaciona de um modo peculiar com as vestimentas dos sacerdotes e com o vestuário no geral. O interesse no vestuário não está relacionado com a sua funcionalidade – no que diz respeito à proteção contra o frio e similares – mas sim com o seu aspeto ético.

Continue reading “Parashat Tetzavé”

Acreditando em si mesmo

Comentário sobre a Porção Semanal – Noach

 

“Estas são as gerações de Noach; Noach era um homem justo, perfeito na sua geração…”
(Bereshit 6:9)

O sagrado Rabi Levi Itzchak de Berditchev em sua obra, Kedushas Levi, analisa o comentário de Rashi em Bereshit (7:7) “Mesmo Noach estava entre aquelas pessoas de pouca fé”.

Continue reading “Acreditando em si mesmo”

O pacto de cada um de nós

Comentário sobre a Porção Semanal da Torá – Nitzavim

 

Cada cultura proporciona diferentes formas de relacionamento e compromissos entre as pessoas e as instituições. Estas relações podem acontecer por escrito ou oralmente, através de emoções, intelecto e da lei. Nesta parashá, a Torá nos apresenta um compromisso diferente: o Pacto.

Continue reading “O pacto de cada um de nós”

Alegria em servir a D’us

“… Porquanto não serviste ao Senhor teu D’us com alegria e bondade de coração, pela abundância de tudo. Assim servirás aos teus inimigos, que o Senhor enviará contra ti, com fome e com sede, e com nudez, e com falta de tudo; e sobre o teu pescoço porá um jugo de ferro, até que te tenha destruído.” (Deuteronômio 28:47-48)

Continue reading “Alegria em servir a D’us”