Um Daienu pessoal escrito por um Bnei Menashe

De’s nosso e De’s de nossos pais:

Enviaste a Shavei Israel para nos ajudar
– Isso teria sido suficiente para nós.

Estabeleceste centros de estudo na Índia
– Isso teria sido suficiente para nós.

Enviaste daianim para nos entrevistar
– Isso teria sido suficiente para nós.

Preparaste visas de aliá para a nossa viagem
– Isso teria sido suficiente para nós.

Trouxeste-nos à Terra Sagrada
– Isso teria sido suficiente para nós.

Enviaste-nos para um centro de absorção
– Isso teria sido suficiente para nós.

Deste-nos comida e alojamento
– Isso teria sido suficiente para nós.

Providenciaste professores de Torá para nos ensinarem
– Isso teria sido suficiente para nós.

Sentimo-nos como se nós mesmos tivéssemos passado pelo Êxodo pessoalmente. Obrigado!

Lyon Fanai, Aliá da Shavei Israel 2017

Lyon Fanai é um dos imigrantes Bnei Menashe que fez aliá com a ajuda da Shavei Israel. Lyon escreveu este Daienu pessoal para expressar a sua gratidão à Shavei Israel por ter tornado possível aquela que foi a viagem da sua vida. O Daienu é um hino que faz parte da Hagadá de Pesach. Canta-se durante o seder e, na sua versão original, expressa a gratidão dos judeus por terem sido livrados do Egito.

Neste Pesach, mais de 200 Bnei Menashe vão estar a passar pela experiência recente do seu próprio êxodo pessoal, celebrando o seu primeiro seder em Israel.

Para contribuir para mais daienus, por favor contribua para este trabalho tão importante da Shavei Israel, de trazer esta “tribo perdida” para casa.

Feliz Pesach para si, onde quer que festeja no Mundo!

E falando em Pesach, já adquiriu a sua Hagadá e o seu Machzor (livro de orações) de Pesach em português?

Adquira aqui!