A Carta sobre “A Apostasia”

2008_10_18_spain_cordoba_jewish_section_ben_maimonidesO Almohades

A partir da segunda metade do século 11, da era comum, e durante quase 200 anos, se seguiram, na chamada Andalúcia, duas severas dinastias muçulmanas. A primeira foi a dos ‘Murabitun’ (almorávides – “os lutadores”), que chegaram em Andalúcia perto do ano 1086, para impor o verdadeiro Islã, que havia sofrido uma mudança pelos muçulmanos que já habitavam a região. Quando estes se enfraqueceram, após cerca de um século, chegaram seus parentes, os ‘muwajidún’ (almohades – os “unificadores” do nome de Alá), que lutaram para estabelecer novamente o verdadeiro Islã.

Estas duas dinastias nasceram no Magrebe, o que hoje conhecemos como Marrocos, mais precisamente nas montanhas do oeste do Atlas, e, lutavam para estabelecer um Islã mais conectado às normas que haviam recebido nas grandes escolas de Qairuán, Tunísia e Bagdá, na Mesopotâmia. Os ‘muwajidún’ lutaram principalmente contra a corporeidade de Alá, que consideravam uma heresia para o Islã, e, por esta razão, se autodenominaram os “unificadores” do nome de D´us, ou seja, aqueles que estabeleciam a verdadeira teologia islâmica, no seu ponto de ver, obviamente.

Ambas as dinastias, que eram conhecidos por suas ferocidades, pela violência e intolerância, tanto com seus correligionários, quanto com os “dhimmis” – judeus e cristãos que viviam em suas terras, pagando altos impostos, e, em teoria, eram aceitos pelo Islã, por serem anteriores ao Islã, e chamados de “Povos do Livro”, ou seja, ambos receberam uma versão anterior do Kurán, o “Taura” (Torá) e o “Ingil” (Evangelho), respectivamente.

Quando conquistaram o Magrebe, logo em seguida chegaram a Andalúcia, e, então começaram a exigir que todos se convertam ao islamismo. Aqueles que puderam, fugiram para outras terras, e aqueles que permaneceram, aparentemente deveriam ter aceitado o Islã, embora tenha continuado a existir comunidades cristãs e judaicas, sob este domínio. Curiosamente, parece que, precisamente bem no olho do furação, na cidade de Fez, os judeus mantiveram uma certa independência ou, pelo menos, o direito de seguir sua religião.
Continue reading “A Carta sobre “A Apostasia””

Êxodo na era moderna: a notável história das comunidades judaicas emergentes de El Salvador

IMG_1874-300x225Todos as tardes de sexta-feira, um êxodo extraordinário da era moderna, acontece em San Salvador. Entre 50 e 60 pessoas percorrem seu caminho de ônibus ou carro (nunca caminhando pois é muito perigoso!) para a Beit Israel, a sinagoga na capital de El Salvador. Trazem consigo uma variedade de lanches, refeições e sobremesas, além das mudas de roupas para o fim de semana.

Quando chegam, colocam a comida na chapa quente, que está ligada a relógios especiais e extendem colchões no chão para se preparar para o fim de semana na única sinagoga que possui a comunidade de San Salvador. Eles comem juntos, rezam juntos e construíram uma comunidade extraordinariamente coesa em poucos anos. Acrescente a isso, a primeira micvê kosher do país, que, foi inaugurada no último Chanukah, dentro do complexo da Beit Israel.
Continue reading “Êxodo na era moderna: a notável história das comunidades judaicas emergentes de El Salvador”

Os Conversos de San Nicandro

Pelo mundo tudo, na próxima semana, os ‘chifres’ de carneiro de Rosh Hashaná (início do Ano Novo Judaico) chamarão os judeus fiéis para os Dez Dias de Penitência que terminam com o famoso jejum de Yom Kipur. Mas nenhuma oração será mais fervorosa do que a dos 80 e tantos ex-católicos de San Nicandro, Itália.

A conversão de San Nicandro começou há quase 20 anos com o pálido de olhos escuros, Donato Manduzio. Invalidado por estilhaços na Primeira Guerra Mundial, Donato esteve de cama por anos em um colchão de palha miserável num quarto de sótão. No começo, chorou amargamente por não poder mais participar da vida cotidiana de sua cidade natal, San Nicandro Garganico (pop. 20.000). Mas, aos poucos, os sons das mulheres que cantam enquanto carregam água em vasos de cobre sobre suas cabeças, os gritos dos ‘chapéus-pretos’ que dirigem as mulas, o martelar dos sapateiros nas pequenas lojas escuras (Donato tinha sido um sapateiro) deixaram de ser uma atração para Donato. Ele não ouvia mais nada disso de seu quarto, pois, agora, estava muito ocupado lendo a Bíblia. Continue reading “Os Conversos de San Nicandro”

Quando em Roma, faça como os judeus fazem!

20130720_212428Eles têm sido italianos por gerações, mas junto com suas raízes católicas, raízes judaicas têm sido reveladas, assim como um rolo da Torá de 500 anos de idade e uma oração ‘Shema Israel’ encontrados por acaso em um porão. O que faz com que centenas de pessoas investiguem tanto suas vidas?

O fenômeno dos Anussim, judeus forçados a abandonar sua fé contra a sua vontade e que agora tentam retornar ao judaísmo, não é algo raro nos dias de hoje, mas mesmo os mais experientes na área foram surpreendidos pela avalanche de apelos de católicos italianos que afirmam ser descendentes dos Anussim.

Este é um fenômeno de tamanha escala que, a organização Shavei Israel, que lida com aqueles que procuram explorar as suas raízes judaicas, realizou uma conferência especial em Israel com a participação de pessoas de toda a Itália – a maioria do sul do país.
Continue reading “Quando em Roma, faça como os judeus fazem!”

Emissários para a América Latina

6A Shavei Israel enviou dois novos emissários para trabalhar com duas comunidades judaicas emergentes na América Latina.

Tal envio é resultado de visitas contínuas na área, realizadas pelo presidente e pelo diretor de ensino da instituição, Michael Freund e o Rabino Eliyahu Birnbaum, respecrtivamente. O Rabino Daniel Touitou foi enviado para trabalhar com a comunidade de El Salvador, e o Rabino Rafael Zerajia com uma comunidade no Chile.

El Salvador

O Rabino Touitou, que nasceu na França em 196, fala Português, Espanhol, Hebraico, Inglês e um pouco de italiano, além do francês, é claro. Ele utilizou de suas habilidades com línguas para trabalhar em Israel e na América do Sul. Morou em São Paulo, Brasil, de 2002-2008, onde estabeleceu um tribunal rabínico na cidade, bem como um projeto educacional que atende cerca de 350 jovens judeus. Durante a sua estadia ele também atuou como diretor de uma Yeshiva para alunos do sétimo ao 12º ano, em São Paulo. Anteriormente, passou vários anos em Tucumán, Argentina, onde foi rabino e Shochet (Abatedor Kosher) da comunidade. Em Israel, o Rabino Touitou trabalhou como professor no Machon Miriam da Shavei Israel. Recebeu a ordenação rabínica em 1991 e, em seguida, terminou a sua licenciatura e um mestrado em História do Povo Judeu e Ciência da Computação da Universidade de Bar Ilan. Mais recentemente, recebeu seu certificado em Ensino de Literatura Talmúdica no Instituto Lifshitz de Jerusalém.

O Rabino Touitou é interessado nas questões dos Bnei Anussim e nas comunidades emergentes há vários anos. Em 2004, participou de um documentário brasileiro produzido por descendentes de Marranos em Portugal e no norte do Brasil, e em 2005 deu uma palestra em São Paulo entitulada “Bnei Anussim: Conversão e Retorno”.

 

Chile

A comunidade de Santiago do Chile é conhecida como Kehilat Yosef Chaim e é composta por 35 pessoas que vêm praticando o judaísmo por mais de uma década. O grupo tem a sua própria sinagoga, separada da comunidade judaica oficial que possui 15.000 pessoas.

Como Touitou, Rabi Zerajia nasceu fora de Israel, na Argentina, onde utilizou de seu conhecimento para criar uma carreira de emissário (não pela Shavei Israel), por 10 anos. Ele estudou no prestigioso Beit Midrash Sefaradita na Cidade Velha de Jerusalém e recebeu sua ordenação rabínica em 2003. Ele publicou uma série de importantes materiais de estudos em espanhol, incluindo um livro de orações para o Kabalat Shabat (Reza de recebimento do Shabat) em hebraico, espanhol e a fonética. Criou um guia de orações com Salmos de cura para os doentes com a fonética apropriada além de um guia semelhante para se recitar no cemitério, incluindo uma explicação sobre os costumes e os rituais judaicos de antes do enterro, entre outros.

20151214045751