Ocultos: Os judeus espanhóis secretos

O musical histórico sobre Bnei Anussim

Recentemente tem havido um grande interesse na história dos Bnei Anussim — descendentes dos judeus convertidos pela força ao catolicismo no tempo da Inquisição Espanhola. De facto, este interesse tem aumentado tanto que se reflete em muitas esferas, particularmente nas artes. Um belíssimo exemplo disso é o novo musical histórico baseado no livro The Family Aguilar (A Família Aguilar), do rabino Marcus Lehmann.

Continue reading “Ocultos: Os judeus espanhóis secretos”

Genie Milgrom de Miami, Florida, recebeu a Medalha das Quatro Sinagogas Sefarditas de Jerusalém

A escritora Genie Milgrom, genealogista, promotora do legado judaico na Península Ibérica e boa amiga da Shavei Israel, foi galardoada com a muito prestigiosa Medalha das Quatro Sinagogas Sefarditas de Jerusalém.

Esta distinção foi-lhe entregue recentemente em Zamora, Espanha, durante uma conferência onde Genie falou ao público sobre a diáspora dos seus antepassados, originários de Fermoselle, na região de Zamora.

Continue reading “Genie Milgrom de Miami, Florida, recebeu a Medalha das Quatro Sinagogas Sefarditas de Jerusalém”

Guarda e Coimbra

GUARDA

Na Espanha, os judeus já viviam desde eras remotas. Nos antigos pergaminhos encontrados em Qumran já se fala da presença judaica na Espanha.

Contudo, em Portugal, a região da Beira recebeu a primeira imigração judaica no final do séc. XIII, sendo Guarda o primeiro município que os recebeu.

Continue reading “Guarda e Coimbra”

O museu judaico de Belmonte reabre suas portas após uma renovação de 350 mil dólares

A cidade de Belmonte renovou e reabriu seu museu judaico – o maior museu do mundo sobre os Bnei Anussim – os descendentes de judeus forçados a se converter ao catolicismo há 500 anos atrás. O projeto contou com um orçamento no valor de US$ 350.000 e está programado para começar a funcionar no dia da homenagem ao Dia Anual da Cultura Judaica Europeia, que acontece em setembro.

Continue reading “O museu judaico de Belmonte reabre suas portas após uma renovação de 350 mil dólares”

O Ladino

Ladino, muitas vezes referido como judeu-espanhol, era o idioma principal dos judeus sefarditas. Embora baseado no espanhol, também tem aspectos de árabe, hebraico, italiano, francês, grego, búlgaro, turco e outros idiomas com os quais os judeus sefarditas se encontraram durante sua diáspora. Originalmente, o Ladino era escrito em hebraico, mas em séculos posteriores também passou a ser escrito no alfabeto latino. A existência futura do Ladino é incerta, pois muitos de seus falantes são idosos e apenas fragmentos do idioma são transmitidos para as gerações mais jovens.

Continue reading “O Ladino”

O judeu que lutou contra a censura da Inquisição

Manuscrito raro de um judeu italiano: requerimento raivoso do judeu de Ferrara para as autoridades da Inquisição requerindo que o fim da censura de seus livros impressos.

Continue reading “O judeu que lutou contra a censura da Inquisição”