O processo da redenção – Parashat Vaerá

«E ao ouvir o gemido dos filhos de Israel oprimidos pelos Egípcios lembrei-me deles. Por tanto, diz aos filhos de Israel: “Eu sou o Eterno e libertar-vos-ei dos trabalhos forçados do Egito e salvar-vos-ei da servidão com braço estendido e com grandes castigos. E considerar-vos-ei meu povo e serei vosso De’s, e sabereis que Eu sou o Eterno, vosso De’s, ao vos redimir dos trabalhos forçados no Egito. E vos conduzirei à terra que prometi dar a Abraham, a Isaac e a Yaacov, e dar-vo-la-ei por herança. Eu, o Eterno.”»

(Êxodo,6, 3-9)

A redenção (gueulá), segundo nos é revelado nestes versículos, não consiste num ato único e total, mas sim numa série de quatro etapas que configuram um processo histórico.

A redenção e a liberdade não se produzem geralmente de forma drástica mas sim como resultado de diferentes factos que provocam uma mudança na situação geral.

A redenção expressa-se nestes versículos através de cinco conceitos: tirar-vos-ei, salvar-vos-ei, redimir-vos-ei, considerar-vos-ei, levar-vos-ei. Continue reading “O processo da redenção – Parashat Vaerá”

Adesão

Comentários sobre a Porção Semanal da Torá – V’etchanan


Vida

No capítulo 4 do livro de Devarim, encontramos um versículo muito interessante: “E vocês, que aderiram ao Senhor teu D´us, estão todos vivos hoje.”

Em primeiro lugar, este versículo se refere ao que é relatado nos versículos anteriores sobre o Povo de Israel, aonde, ao chegar nas planícies de Moav, muitos pecaram com a idolatria chamada Peor, e outros também se prostituiram com as midyanitas e as moavitas. Todos que cometeram qualquer um destes erros graves, foram mortos por uma febre súbita, até Pinchas interromper a punição ao matar Zimri, um dos líderes da tribo de Shimon e a Cozbi, uma princesa midyanita. Assim, todos os que pecaram, morreram. Mas vocês, Moshe continua dizendo, estão todos vivos hoje!

Visto desta forma, o versículo explica que os únicos que sobreviveram por não cometer tais pecados, são aqueles que, agora, estão ouvindo e, que, em breve entrarão na Terra Prometida.

Precisamos, contudo, nos esforçar um pouco mais para perceber que há muito mais escondido no verso.
Continue reading “Adesão”