FAZENDO CHALÁ EM CALI, COLÔMBIA

Esta semana, mulheres e meninas da comunidade Bnei Anussim de Cali, na Colômbia, prepararam-se para o Shabat participando de um evento especial da Shavei Israel de elaboração de Chalá.

Sob a supervisão e orientação do rabino Shimon Yehoshua, emissário da Shavei Israel na região, o grupo aproveitou a oportunidade para mergulhar na significativa experiência da confeção da chalá. As mulheres e as meninas aprenderam sobre o significado espiritual de cada ingrediente, cumpriram o mandamento de hafrashat chalá (separação de uma porção de massa antes de assar) e rezaram por si e pelos seus entes queridos.

Maguen Abraham, a nossa comunidade em Cali, é apenas uma das 12 comunidades judaicas colombianas que pertencem à ACIC – Asociación de Comunidades Israelitas de Colombia. Hoje em dia, tem mais de 100 membros e três rolos de Torá.

Preparando Chalót em El Salvador

No tratado bíblico de Pirkei Avot, está escrito “Im ein kemach, ein Torá”, que significa “sem sustento [kemach=farinha], não pode haver Torá”. Mas kemach também pode ser entendido em hebraico como “pão”, e assim, a frase poderia ser dita da seguinte maneira, no Shabat, “não há Shabat sem uma ou duas chalót (plural para Chalá – pão trançado) saborosas.”

Uma interpretação criativa da frase? Possivelmente. Mas as mulheres da comunidade de Bnei Anussim em El Salvador levaram essa mensagem a sério.

Em um evento recente na capital do país, em San Salvador, dezenas de mulheres judias se reuniram para preparar muitas Chalót.

Foi uma competição: cada mulher recebeu uma tigela com todos os ingredientes necessários e então – preparar, apontar e disparar! A Chalá mais saborosa permitiu um prêmio para seu padeiro orgulhoso.

A comunidade de Bnei Anussim de El Salvador se reúne para celebrar o Shabat semanalmente na Beit Israel, em San Salvador, mesmo quando uma divertida competição de prepara a Chalá não está na agenda.

Abaixo apresentamos as fotos do evento. Qual Chalá parece a mais saborosa?