*“La niña de Lisboa”, ¡ahora disponible en inglés!*


Hace varios meses, el centro Ma’ani de Shavei Israel, ofreció un seminario dedicado a la vida y personalidad de Dona Gracia Mendes Nasi, una de las mujeres judías mas ricas y sobresalientes del renacimiento europeo.

Durante la conferencia el orador, Sr. Guiora Barak, presentó su nuevo libro “Gracia de Lisboa”, relatando la historia de los días de la niñez de Dona Gracia, cuya familia fue obligada a convertirse al cristianismo, con el fondo de la comunidad judía de España y Portugal antes y después de la expulsión de 1492.

Nos alegramos de compartirles que ahora el libro está disponible en inglés. Lo pueden obtener aquí en Amazon.


YTZJAK LÓPEZ DE OLIVEIRA: UMA HISTÓRIA PESSOAL

Ytzjak López de Oliveira é responsável pela Casa Anussim, o centro de visitantes da Shavei Israel em Belmonte, Portugal.

Por trás de cada história estão as pessoas que as fazem acontecer. A história do centro de visitantes da Shavei Israel em Belmonte, Portugal, não é excepção. A pessoa por trás dele é Ytzjak López de Oliveira.

Ytzjak López de Oliveira é responsável pela Casa Anussim, o centro de visitantes da Shavei Israel em Belmonte, Portugal. Ytzjak nasceu em La Corunha, Galiza, Espanha. É descendente de Conversos (também chamados marranos) da «Raia», a zona fronteiriça entre Portugal e Espanha.

Depois de fundar a Comunidade Judaica Ner Tamid da Corunha, e sabendo a sua situação irregular no judaísmo, Ytzjak, um arquiteto paisagista de profissão, entrou em contacto com a Shavei Israel através do rabino Elisha Salas, que era na época o rabino da comunidade de Belmonte, Portugal. Sob a orientação e tutela do rabino Elisha Salas e o apoio inabalável da Shavei Israel, Ytzjak regressou ao judaísmo e continua estudando para expandir seus conhecimentos e aprofundar sua conexão com sua herança cultural.

– A minha casa, – explica Ytzjak, – que era originalmente o centro da Shavei Israel em Belmonte, ainda é um ponto de encontro para estudantes em processo de conversão e judeus em trânsito, que aqui, como o rabino Elisha me ensinou, receberão sempre umas boas-vindas calorosas no Shabat, feriados e em qualquer dia da semana. Ofereço-lhes principalmente comida sefardita, receitas de família e canções (até em Ladino), para que tenham boas lembranças da sua visita graças à Shavei Israel. –

Paz, Shalom, Salam, Fraternidade!

No passado dia 25 de Abril, o rabino Elisha Salas, emissário da Shavei Israel para Portugal e Espanha, participou, na cidade do Porto (Portugal), numa conferência intitulada “A Fraternidade na Europa das religiões do século XXI”.

Tratou-se de uma conferência organizada por um grupo independente de intelectuais e pensadores portugueses, com o propósito de explorar os vários contributos que as religiões monoteístas podem dar para a consecução do objetivo mundial de “agirmos uns com os outros em espírito de fraternidade”, tal como consta do texto da Declaração Universal dos Direitos Humanos.

Continue reading “Paz, Shalom, Salam, Fraternidade!”

Turismo judaico em Portugal.

30445652_BINARY_GI14022018RUIOLIVEIRA000058

Aqui partilhamos convosco alguns excertos de um artigo da Noticias Magazine, a revista do Diário de Notícias, um dos maiores e mais conceituados jornais de Portugal.

Há um novo fenómeno no interior português. Milhares de turistas judeus estão a invadir lugares como Castelo de Vide, Belmonte ou Trancoso para conhecer o património judaico nacional. No último ano, o número de visitantes aumentou extraordinariamente. Há novas linhas aéreas entre Portugal e Israel, novas agências especializadas, novos hotéis, novas lojas kosher. História de um retorno.

 

30445674_BINARY_GI14022018RUIOLIVEIRA000061

Para Elisha Salas, rabino de Belmonte, este interesse renovado dos judeus por Portugal é puramente emocional. Desde Moisés ao Holocausto, passando pela Inquisição, a história dos judeus é uma história de perseguição constante. A partir do momento em que tornamos a ser aceites, temos uma grande obsessão por descobrir as nossas raízes, perceber de onde vimos.

30445675_BINARY_GI14022018RUIOLIVEIRA000056

“Quando uma terra se entranha no sangue de um povo, pertence a esse povo para sempre”, diz Fabiana Oliveira Bezerra, uma brasileira do Recife, descendente de judeus portugueses, na sinagoga de Trancoso.